segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

O Dia em Que Um Culto Quase Parou

- Domingo, 18:30, por este Brasil a fora, nos lugares mais inimagináveis, lá está uma pequena igreja, congregação, célula, grupo familiar, grupo caseiro, ponto de pregação... se preparando para mais uma noite de culto ao Senhor dos céus;

- Músicas ensaiadas até a exaustão, talvez algumas discussões básicas de músicos, alguns arranjos novos, introduções fabulosas... tudo para prestar um culto de louvor ao Deus dos céus;

- Os irmãos do ministério da oração começam a chegar ou já chegaram, estão clamando por um mover diferenciado do Altíssimo, as queridas irmãs com coques nos cabelos brancos também chegam as reuniões, adolescentes, jovens, homens e mulheres se reúnem para orar e interceder por mais um culto de oração ao Eterno dos céus;

- O esboço está pronto, outros estão sendo feitos, ilustrações, textos básicos, textos de apoio, figuras de referência, pitadas de humor, textos decorados... mensagem pronta para os adoradores para o Criador dos céus;
Tudo certo!
Minutos antes de começar o culto, a reunião, a celebração:
“Vamos trocar essa música.. ah, e essa também!”;
“Pastor, o meu marido saiu de casa de novo, o que eu faço?!”;
“Ministro do louvor, não canta aquela música chata de novo, tá?!”;
“Irmão, porque você não me cumprimentou na entrada da igreja?!”;
“As crianças não vão sair hoje, as professoras estão cansadas!”;

Tudo certo?!
O culto não vai! Não anda! Tudo parado! Há uma tristeza no ar!
O que aconteceu?!
Parece que o Deus dos céus não desceu dos céus... ou desceu, e não vimos?!

O que mais me preocupa, como pastor, pregador, ou seja-lá-o-que eu for, é quando dizemos que Deus não abençoou e na verdade éramos nós despercebidos...
O que me indigna na igreja moderna, é colocarmos as culpas em Deus! Enquanto nós deixamos a desejar!
O que me indigna ainda mais é não saber quando é Deus ou quando somos nós!

Caro leitor, o que você acha? Até quando é você e até quando é o Eterno Deus dos Céus?

Em Cristo,
Kiko Machado.

2 comentários:

Karla disse...

É Kiko, me pegou nessa... Dificil não é saber se somos nós ou Deus, mas é aceitarmos que sim o problema somos nós, ou melhor, sou eu. Bá sério esse texto me fez ver qntas vezes culpei Deus por coisas que eu fiz, ou que eu NÃO fiz.
Bá que Deus me perdoe... mais uma vez.

HockembaK disse...

Teu texto respondeu uma das minhas perguntas...
Também me sinto envergonhada perante a Deus, afinal tem coisas que eu fiz ficar errado e mesmo sem querer botei a culpa no Altíssimo.
Como disse a menina de cima, o difícil é aceitar a culpa.
Abraço !