segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

GERAÇÃO JEREMIAS

Se você correu com homens e eles o cansaram, como poderá competir com cavalos? Se tropeça em terreno seguro, o que fará nos matagais?” – Jr 12.5

O mundo militar tem uma expressão que torna mais contemporânea as palavras dadas ao profeta Jeremias, ela diz assim: “Nada é tão ruim que não possa piorar!”.
E eis uma realidade gritante em nossa geração, a qual chamo de Geração Jeremias. E quem dera fosse acerca dos inúmeros atributos do grande escolhido no ventre materno! Mas, essa geração, incluindo eu e você, tem chorado sem lágrimas, tem levantado hastes sem bandeiras, e derramado clamores sem motivos. Faz-se necessário uma renovação – e aproveitamento – de mente, experimentando novas realidades e novos motivos de ser.
Por exemplo:
- Passe um final de semana num hospital do câncer infantil;
- Pise no barro dos bairros pobres e no barro das casas dos bairros pobres;
- Contemple um céu estrelado enquanto pode;
- Beije as pessoas que ama, enquanto ainda o ama;
- Sorria, viva, dance, pule, grite, abrace, ame...
- Dê a vaga no estacionamento do supermercado; também dê espaço nas ruas de fórmula 1 de sua cidade...
Enfim, a luta é grande, pois estamos vivos, então, tratemos de preparar nossas armas de guerra, e não ficar lamentando pelos corpos que carregaremos ao fim desta, até porque eles serão as coisas mais certa no fim da guerra!
Jeremias está reclamando com Deus o quanto Ele deixa “passar” os pecadores; o quanto prospera os ímpios, assim como os traidores sempre vivem numa boa (Jr. 12.1), e o profeta esquece do mesmo que a geração que leva seu nome esquece:
Esse é o mesmo Deus que nos perdoa, restaura e nos põe de pé...
Esse é o mesmo Deus que firma nossas mãos para batalha...
Esse é o mesmo Deus que nos permite chamar-lhe: “Pai Nosso...”.
Esse é o Deus que nos coloca a correr com cavalos porque sabe que podemos.
Portanto, levante-se, corredor, ainda há muitas deliciosas vitórias para alcançar após vencermos alguns puros-sangues!

Kiko Machado.

2 comentários:

Paulo disse...

Ola Pr. kiko !

Obrigado pelo convite para visitar o teu blog. Ja está adicionado nas minhas paginas diarias.

Aquele abraço aqui dessa terra gelada da Alemanha.

Paulo Rafael

Aline da Costa disse...

Olá pastor. Gostei muito deste último post. Realmente muita gente hoje em dia parece estar sem força para correr. Infelizmente não tem buscado a Deus o suficiente, pois sabemos q ele nos capacita para vencer.
Um abraço