segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Voto 3 – NÃO SE DEFENDA

Sl 37.5

Após Combatermos o pecado seriamente em nossas vidas e adotarmos o hábito de não tomar Posse de coisa alguma, sabendo que tudo é dEle, por Ele e para Ele, avancemos para o terceiro (e difícil) de cinco votos para obter poder espiritual e assim, vivenciemos um avivamento em nossas vidas e em nossa igreja.

Deus possui uma universidade. É pequena. Poucos matriculados. Menor ainda o número dos que se formam. Deus possui uma Universidade que forma HOMENS QUEBRANTADOS!
Deus tem vários homens a seu serviço, uns que dizem ter autoridade... mas não tem; outros que dizem ser quebrantados... mas são loucos varridos; E ainda outros que dizem ser de Deus... mas são possuídos pelo Demônio. Assim, foi com o atirador de lanças mais conhecido da Bíblia: rei Saul.
Homens a seu serviço Deus tem vários, mas os homens quebrantados são raros!
Ser submisso, contrito e quebrantado está fora de moda há muito tempo! (Infelizmente).
Queremos ser Estrelas e fazemos quase tudo por 15 minutos de fama.
Sofrer?! Nem pensar! Ser difamado?! Nem que a ‘vaca tussa’! Ser humilhado?! ‘Necas’!
Queremos o Status; queremos a luz dos holofotes; queremos os primeiros lugares; e inconscientemente, acabamos querendo continuar vivendo esse mimetismo espiritual, essa “mesma coisa” sobrenatural, essa pobreza de imitações do poder...
Deus quer homens quebrantados e contritos, Deus quer homens como o rei Davi, o qual possa chamar de “segundo seu coração” (At 13.22).

Portanto, convido-os a aprendermos com esse rei algumas coisas sobre a Escola:
1. Os pré-requisitos para ingressar na Escola de Deus (I Sm 16.11-12);
- Davi era um Desprivilegiado (Caçula), era também Trabalhador (pastor de ovelhas) e ainda um Apaixonado pelas coisas de Deus (enfrentou o gigante filisteu por amor).
2. Como é a Escola (I Sm 16-18);
- A Escola de Deus é repleta de calúnias, lutas, difamações, lanças... pois, ser cristão, é ser um vitorioso, e vitória só existe com lutas!

3. Os Formandos (At 13.22).
- Homens e mulheres segundo o coração de Deus e cheios do Espírito Santo, ou seja, homens e mulheres que não precisam se defender, pois Deus faz isso por eles!

Desejo que entendamos o quanto é gratificante “Não nos defendermos”; pois além de obtermos poder espiritual, ainda saberemos que Alguém fará isso por nós:
Ex 23.22 “Serei inimigo dos teus inimigos e adversário dos teus adversários”

Em Cristo.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

O Voto 2 - NÃO SEJA DONO DE COISA ALGUMA

I Tm 4.1-5

Em nossa jornada rumo a obtenção de poder espiritual, já passamos pelo “Combate sério ao pecado”, agora, neste segundo estágio da caminhada, desejo que possamos entender a importância de nos desvencilharmos do “Isso é meu!”; “Esse é o meu carro!”; “Este é meu ministério!”. Neste ponto do caminho, meu objetivo é dar-lhes três sugestões de como se desfazer desses infernais “meus”, e entender que “por dele, por ele e para ele são todas as coisas. Glória pois a ele eternamente” (Rm 11.36).

1. Não seja dono de coisa alguma: Seja grato!
A gratidão é contrária ao espírito da conquista, do mérito, do poder; sendo que na verdade tudo que temos e somos devemos a Deus e a sua infinita misericórdia e graça que se derrama sobre aqueles que Ele resolve derramar.
Portanto, agradeça! Seja grato a Deus pelo carro, pela casa, pela família, pela saúde...

2. Não seja dono de coisa alguma: Veja com os olhos de Deus!
Dois textos nos ajudam exponencialmente a praticar esta segunda sugestão:
Texto 1: Ag 2.8 – “Minha é a prata, meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos”;
Texto 2: Sl 24.1,2 – “Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem; pois foi Ele quem fundou-a sobre os mares e firmou-a sobre as águas”.
Conscientize: Não temos nada e não somos donos de nada; mas podemos ser os Administradores de muito!

3. Não seja dono de coisa alguma: Santifique tudo para o Senhor!
A terceira sugestão é de que você ore santificando suas coisas para o Senhor, e reconhecendo que estão a serviço e à vontade dEle.

Mas, não saia por aí vendendo suas coisas, desleixando no cuidado com a casa e filhos, não vá pedir as contas no trabalho, nada disso! Não faça nada, financeiramente, para Deus que lhe entristeça o coração! Apenas, para obter poder espiritual, desapegue-se do material como se fosse absolutamente seu; e apegue-se na realidade de que tudo é dEle, e o que temos, temos porque Ele resolveu nos abençoar, e assim, e somente assim, viva uma vida de paz, abundância e riqueza, sabendo que a oração de Jesus é para todos nós: “Tudo o que eu tenho é teu, e tudo o que tens é meu” (Jo 17.10).
Jesus sabia que, na condição humana, não era dono de coisa alguma, ao mesmo tempo em que tinha tudo!

Em Cristo,

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

CINCO VOTOS PARA OBTER PODER ESPIRITUAL

A.W.Tozer (1987-1963) serviu a Deus por mais de 44 anos como pastor, escritor e editor, sendo um teólogo profundo e comprometido, que acima de tudo isso, soube viver uma vida de intimidade real com Deus. Segundo ele, todos os grandes homens de Deus foram dirigidos por alianças, promessas, compromissos ou ... votos. Sl 56.12 “Cumprirei os votos que te fiz, ó Deus;”.
Creio em suas palavras, e por isso inicio uma série de mensagens baseadas no título de um de seus livros, para que todos aqueles que estejam realmente preocupados com seu avanço espiritual (e aqui me refiro a mais poder, mas vida, mas alegria e mais unção dentro de seus corações!), estes estejam empenhados em fazer deste cinco tópicos, verdadeiramente cinco votos espirituais, os quais são eles:
1. Combata seriamente o pecado na sua vida;
2. Não seja dono de coisa alguma;
3. Nunca se defenda;
4. Não passe adiante nada que prejudique alguém;
5. Nunca aceite qualquer glória.

Convido-os a entrar neste caminhada rumo a uma novidade de vida; a uma autoridade renovada e uma unção de poder vinda do trono de Deus, e assim, e somente assim, vivamos a nossa tão sonhada igreja do avivamento!
Que Deus abra nossos ouvidos e olhos espirituais em Cristo Jesus!

Pr Kiko Machado

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Voto 1: COMBATA SERIAMENTE O PECADO

Pecado:
- Errar o alvo com Deus (Definição conhecida).
- Viver sem a consciência do mundo espiritual (Definição desconhecida... minha!).
A superficialidade é a maldição de nosso tempo; a doutrina da satisfação instantânea é o principal problema espiritual; gostaria de colocar nos postes da cidade: “Precisa-se de pessoas com profundidade!”; Alguém perguntaria: Qual o problema com as pessoas superficiais?; E a minha resposta seria: Porque na superficialidade humana, incentivada de várias formas pelo príncipe deste mundo, torna mais fácil um pecado atrelar-se a alma humana, ou seja, o pecado ganha um sobrenome: Estimação. E temos o que chamo de Pecado de Estimação.
O que é um Pecado de Estimação?
É o pecado amigo; “companheiro mais certo nas horas incertas”; o seu maior inimigo, mas o seu bem mais amado. Pecado de Estimação é aquele que fere os olhos de Deus, compromete a sua vida, seus sonhos, suas metas, no entanto, é – quase – impossível se desfazer dele.
- “Mas, não é bem assim!” – Dirão os mais Santões.
E, em partes, é verdade! Pois, quando o descobrimos e analisamos os seus efeitos destrutivos, colocamo-nos batalha frontal contra o nosso amado pecadinho! E então, confiando nas nossas super forças de super crentes, oramos, determinamos, amarramos, lutamos, choramos e... prometemos nunca mais cometer tais pecados... até que, notamos que a luta foi vã e nos descobrimos outra vez em falência moral.
Por quê? – Perguntarão os espirituais.
Porque somente Deus trabalha do lado de dentro!
E qual o nosso papel nesta batalha? – Mais uma pergunta inteligente.
Nosso papel é nos fortalecer na força do poder de Deus.
E por isso, dentro do tema: Cinco Votos para Obter Poder Espiritual; apresento com detalhes o primeiro voto: Combata Seriamente o Pecado. E, destaco quatro práticas importantes neste combate:
1. Oração (I Ts 5.17);
2. Jejum (Mt 6.16-18);
3. Estudo (II Tm 3.16);
4. Amigos (Mt 26.36-38).

Bom estudo... e boa batalha, pois lembrando: Estamos em guerra!

Em Cristo,
Pr Kiko Machado