quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Farisaísmo em três lições

Este texto é para você que sempre sonhou em ser um fariseu ou um mestre da lei.
Quero lhe ensinar a como ser um deles, pois tenho visto tantos por aí, que ficou fácil imitá-los.

Mt 23.1-7:
1 Então, Jesus disse à multidão e aos seus discípulos:
2 "Os mestres da lei e os fariseus se assentam na cadeira de Moisés. 3 Obedeçam-lhes e façam tudo o que eles lhes dizem. Mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que pregam. 4 Eles atam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los.
5 "Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens. Eles fazem seus filactérios bem largos e as franjas de suas vestes bem longas; 6 gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas, 7 de serem saudados nas praças e de serem chamados 'rabis'.

1º. Não faça o que falo e faça o que eu faço! (vr. 3)
Para ser um bom fariseu você deve falar muito e praticar muito pouco. Esta regra é muito importante.
Os fariseus estão sempre prontos para falarem o que devemos fazer e como fazer, mas suas vidas são um amontoado de nadas. Portanto, para ingressa nos corredores do farisaísmo tome bastante cuidado de fazer o que se tem para fazer e de falar o que deve ser feito.

2º. Não se mova! (vr. 4b)
Pare com essa bondade absurda, um bom fariseu permanece na posição de inerte o máximo de tempo que conseguir. Esse coração de bondade, mansidão e solidariedade é coisa do passado, não funciona em nossas empresas... ou você quer perder o emprego dos sonhos para ser um bom funcionário para o chefe corrupto?! Seus colegas estarão de olho! Lembre-se que Deus não vai por comida na sua mesa, nem gasolina em seu carro!
Um bom fariseu participa... visualmente.
Um bom fariseu participa... com mãos limpas.
Um bom fariseu participa... de corpo presente, mente ausente.

3º. Luz, Câmera, Ação! (vr. 5)
Falamos por enquanto em “não fazer” e “não se mover”, mas a terceira lição é muito importante, é como uma grande exceção: Não esqueça os holofotes! Não esqueça as câmeras! Não esqueça do auto-marketing, ele é valioso em nossos dias.
Chame a atenção!
“Quem não é visto não é lembrado!”
Lembre-se que ternos e sapatos fazem uma grande diferença onde você sentará!
Não esqueça também dos tapinhas nas costas das grandes autoridades!
E, por favor, não esqueça daqueles elogios às pessoas detestáveis, ninguém é um bom fariseu sendo sincero e confrontando pessoas.

Aí, estão três lições rápidas, fáceis e muito vistas em nossos dias para ser um bom fariseu. Espero que faça bom uso!

Um pequeno detalhe é que esse “tal” Jesus, o que se diz Messias, vai lhe dirigir a você assim:
“Ai de vocês, mestres da lei e fariseus hipócritas!” (Oito vezes no capítulo 23).

Mas também, a esta altura do campeonato quem está preocupado com o que um morador de Nazaré, filho de um carpinteiro, diz ou deixa de dizer, não é?!

Nenhum comentário: